Frei Roberto Aparecido: um diácono para servir « Pró-Vocações e Missões Franciscanas – Província Franciscana da Imaculada Conceição
Highslide for Wordpress Plugin

Artigos, Notícias › 10/04/2018

Frei Roberto Aparecido: um diácono para servir

roberto_080418_1

Frei Marx Reis (texto) e Seminaristas do Seminário São Francisco (fotos)

Ituporanga (SC) – “Animados pela ordenação diaconal de Frei Roberto nós cantamos: “Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom; eterna é sua misericórdia!”. Com essas palavras, Dom Onécimo Alberton, bispo de Rio do Sul – SC, introduziu a celebração de ordenação diaconal de Frei Roberto Aparecido Pereira, que ocorreu na Igreja Matriz Santo Estêvão de Ituporanga às 10 horas, em um clima de festa e amizade.

Natural de Lençóis Paulista, Frei Roberto Aparecido Pereira nasceu no dia 1º de agosto de 1987 e ingressou no Seminário Franciscano São Francisco de Assis de Ituporanga no ano de 2008. Hoje, após dez anos, ele recebe o primeiro grau da Ordem, com a sua ordenação diaconal, no mesmo lugar em que deu os seus primeiros passos na Vida Religiosa Franciscana. Se outrora Ituporanga foi o lugar onde Deus o enviou para iniciar o caminho de frade menor, hoje essa terra é o lugar onde ele dará os seus primeiros passos como Diácono da Igreja e do povo de Deus.

Estiveram presentes nessa celebração a sua irmã, Luana Maria Leite Pereira, os confrades das Fraternidade local e vizinhas, os seminaristas e aspirantes franciscanos e os seminaristas diocesanos. A Igreja de Santo Estêvão ficou cheia de fiéis provenientes dos municípios que compõe a Paróquia.

roberto_080418

Dom Onécimo iniciou a sua homilia saudando a todos os presentes e aos pais de Frei Roberto, com as seguintes palavras: “Aos pais de Frei Roberto nossa gratidão, por tão grande dom dado a igreja”. O bispo afirmou que a ordenação diaconal de Frei Roberto nos une e nos faz externar: “Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom; eterna é sua misericórdia! Pois a vocação do diácono lembra-nos que a fé cristã é uma vocação para servir. Convida-nos, portanto, a viver o nosso cristianismo em atitude de serviço. Como Cristo se fez servo, também nós, seus discípulos somos chamados para servir: servir o Evangelho, servir os pobres, servir a Deus e todas as pessoas”.

O bispo ordenante ainda complementou afirmando que “O Evangelho de hoje nos apresenta o Ressuscitado que entrou e mostrou os sinais da paixão […] Em nossa missão evangelizadora como Igreja diante de tantos desafios, já não temos o direito de continuar a dormir, presos à mentalidade de séculos passados e de permanecermos reféns de medos e trancados em falsas seguranças […] hoje é preciso manifestar as marcas da paixão”.

Agradecimentos de Frei Roberto

Frei Roberto agradeceu a Província Franciscana e de modo especial a sua Fraternidade, que segundo ele, lhe ensina a cada dia a ser franciscano e amar os pobres em uma atitude de serviço e gratidão. Agradeceu também ao bispo Dom Onécimo por ser um pastor zeloso ao povo de Deus e por sua amizade. “Eu me surpreendi quando conhecei o senhor, por ser uma pessoas tão simples e depois me surpreendi por sua amizade. Quando lhe convidei para presidir essa celebração, tu nem hesitastes, mas prontamente se colocou a disponível para presidir essa celebração e inclusive os três dias do tríduo”.

Frei Roberto fez uma homenagem aos freis de Ituporanga, a Frei Alberto e Frei Robson, que se colocaram à disposição dessa ordenação desde o dia em que foi marcada e nesses últimos dias apresentaram como se serve ao Senhor Ressuscitado: “No primeiro dia do tríduo Frei Robson disse que se torna visível o serviço ao Senhor nas coisas concretas da vida, quando somos capazes de trocar as fraudas de nossa mãe quando ela não lembra mais da gente devido ao Alzheimer. E hoje eles me apresentaram o Ressuscitado no cuidado fraterno, quando Frei Alberto precisa de atenção”. Por fim, ele concluiu os seus agradecimentos pedindo para o povo rezar pela saúde de Frei Alberto e pelos pobres que necessitam da misericórdia divina.

VEJA MAIS IMAGENS DA ORDENAÇÃO DIACONAL